Charli XCX faz bonito em show em São Paulo
8,8nota

Charlie XCX acaba de encerrar sua primeira passagem pelo Brasil. Uma das atrações do gaúcho MECA Festival, Charlotte Aitchison também passou pelo Rio de Janeiro e São Paulo, onde encerrou a sua rápida turnê brasileira no Grand Metrópole na última sexta-feira.

Segunda atração de uma noite que contou com o Savoir Adore e Friendly Fires, a cantora surgiu no palco com uma banda completamente feminina para exalar o seu girl power com a canção “What I Like”. Com apenas um disco lançado, a cantora trouxe True Romance quase inteiro na setlist. “Nuclear Seasons” veio logo no começo e causou comoção, assim como “You (Ha Ha Ha)” que foi cantada coro por uma casa bastante cheia.

Charli XCX parece andar na contramão de tudo que os grandes nomes de nosso star system tem ensinado às aspirantes a estrelas pop. Não há nenhuma extravagância em sua apresentação. Em São Paulo, a inglesa se apresentou de vestido branco, bota preta e o cabelo bastante bagunçado. O despojamento tem muito a ver com o seu show. Charlotte faz do palco a sua casa e não buscou nenhum tipo de distanciamento de quem estava na pista para vê-la.

Se as canções de True Romance eram cantadas em coro pela plateia, a principal música da noite não é normalmente creditada à Charli XCX. “I Love It” surgiu na metade da apresentação e foi a música derradeira para a inglesa conquistar a parte do público que estava meia apática a sua apresentação. Não sobrou um pé no chão quando ela começou a entoar os primeiros versos do megahit da Icona Pop composto por Charli. A catarse coletiva continuou com “SuperLove”, tocada logo em seguida, e que provou que a popularidade da cantora não está presa somente aos créditos de compositora de uma das músicas mais tocadas de 2013.

O que se viu daí para a frente foi a consagração de uma ótima apresentação, com uma cantora visivelmente feliz com a resposta do público, que retribuiu com uma invasão ao palco. Durante “You’re the One”, um grupo de fãs invadiu o palco e dançou ao lado da cantora, que não se deixou intimidar e os recebeu de braços abertos. “Esse é o show mais legal de todos os tempos”, disse rindo quando uma das faxineiras da casa apareceu no palco para limpar a sujeira das bebidas que a galera deixou por lá durante a invasão.

Mais de uma hora após subir ao palco, a cantora encerrou sua passagem pelo Brasil com um cover divertidíssimo de “I Want Candy” do grupo Bow Wow Wow, sucesso nos anos 90, e “Grins”, a sua despedida do palco.

No Brasil, Charli XCX mostrou que há vida no pop fora das paradas de sucesso. Mais que isso, provou que é possível ser bem sucedida no gênero sem abrir mão da personalidade e do talento.

Fotos: I Hate Flash