É claro que ouvir um clássico da Kylie Minogue como “In My Arms“, ou vibrar ao mais bombante single de Rihanna, “We Found Love“’, e não associar a batida à Calvin Harris é uma injúria. Mas nem só de produções vive este dj. O escocês que toca no Palco do Perry no primeiro dia do Lollapalooza é cantor, letrista, produtor, e claro, um dos disc jockeys mais prestigiados da atualidade.

Descoberto através do MySpace em 2006, Calvin assinou com a Columbia Records e lançou no ano seguinte seu disco de estreia I Created Disco. Influenciado pela música dos anos 80, o CD chegou ao oitavo lugar nas paradas do Reino Unido e vendeu 100 mil cópias apenas naquela região. O single “Acceptable in the 80’s” é um tributo à cultura da década e chegou ao top 10 das paradas do Reino Unido.

Galera, a única cópia do meu segundo álbum estava dentro de uma mala que eu perdi” (simulação do autor). A frase é uma brincadeira, mas foi justamente o que Calvin contou ao público. A afirmação, no entanto, era falsa, e o dj só estava querendo ganhar mais tempo para a finalização de Ready for the Weekend. A espectativa em torno do disco deu resultado, e o álbum estreou em primeiro lugar nas paradas do Reino Unido. Em 2010, o produtor recebeu uma indicação ao Brit Awards por artista masculino.

Do último álbum para cá, Calvin produziu sucessos com grandes parcerias e remixou diversas músicas, principalmente, de artistas pop. Rejeitando e sendo rejeitado em parcerias que são divulgadas, mas não chegam a serem concretizadas, o produtor é uma figura um pouco controversa. A última parceria não firmada foi para entrar em turnê com Katy Perry. Após uma alfinetada da cantora pelo twitter, o produtor disse que “estava tudo bem e que ainda gostaria de trabalhar com ela no futuro”. Além dessa, o dj rejeitou trabalhar com Lady Gaga quando a artista ainda estava no anonimato. Sobre o fato, Calvin disse em entrevista:

“Eu pensei ‘Lady Gaga, que tipo de nome é esse?’ Então eu respondi ‘Nah, não estou afim’. Passado um ano e ela é a grande sensação do momento. Mas eu não me arrependo de tê-la rejeitado, assim como eu não acho que a música que eu ouvi era tão boa.”

Três singles já foram lançados para promover o terceiro álbum de estúdio do produtor. Ele não tem data definida, mas deve ser lançado ainda este ano (se o cara não perder a mala novamente). “Bounce” é uma colaboração com Kelis lançada em junho de 2011; “Feel so Close” foi lançado em agosto do ano passado e a parceria com Ne-Yo em “Let’s Go” deve ser o terceiro single do próximo álbum. Confira essa última parceria:

Calvin Harris toca no mesmo horário que o gigante Foo Fighters. Então, suspeito que quem for prestigiar o dj seja realmente fã de música eletrônica (ou realmente não se importe com a banda de Dave Grohl). Na nossa previsão de setlist estão parcerias como “‘Bounce” e músicas como “Acceptable in the 80’s” e  “Ready for the Weekend”  de seus dois álbuns.

Quem espera apenas um dj atrás de uma pickup vai se surpreender com a voz e a energia de Calvin Harris no Palco do Perry. Quer saber como é a mistura de electroclash, disco music, pop e new wave nos shows do cara? Confira abaixo a apresentação de 2009 no Oxegen.

http://www.youtube.com/watch?v=8_xm0bUBYV4

1Leitores comentaram

Entre na discussão
  1. Pingback: FestivaisBR – Palco do Perry: o que você vai encontrar? 4 abr, 2012

    […] domingo, dia 8 às 19h. No dia 7, a dupla do Crystal Method toca à 20h15 e o disco eletrônico do Calvin Harris invade a Tenda logo em seguida, às 21h30. Três shows essenciais para quem curte música […]