Famosas nos anos 90, Faith No More e Hole chegam ao festival SWU para empolgar os saudosistas da época. 

Faith No More

A banda, que foi formada em 1981, já passou por bons e maus momentos. Em seu auge, na década de 90, a banda fez história ao tocar no Rock in Rio II, com um show que abriu as portas para a sua visibilidade no Brasil. O seu estilo musical é um pouco difícil de classificar, pode-se dizer que ficam entre o punk e o rock alternativo, mas eles sem dúvida abriram portas para o surgimento de outros tipos de som, como o do Red Hot Chili Peppers e da banda Refused. De lá pra cá, a banda trocou de vocalista, de guitarrista e chegou a ficar em hiato por uns dez anos. Somente em 2009 que o grupo resolveu se juntar novamente e fazer uma última turnê mundial, passando pelo Brasil mais um vez.

Assista ao show inteiro de 2009, feito na Inglaterra.

Ao todo, a banda lançou seis álbuns, sendo o último de inéditas lançado em 1997, o “Album of the year”. Mas recentemente em um show na Argentina, a banda cantou uma música desconhecida para o público, o suficiente para que os fãs já criassem esperanças da possibilidade de um novo cd estar vindo por aí.

Faith No More volta ao Brasil para levar o rock ao SWU. (Foto: Divulgação)

Agora, depois de uma passada do vocalista Mike Patton ao Rock in Rio, a banda parte para o SWU, sendo o destaque do Palco Energia e Consciência no dia 14. A setlist não deve fugir muito do que vem sendo tocado em shows recentes, uma seleção dos maiores hits da banda. “Epic”, “Falling to pieces” e “Ashes to Ashes” são as figurinhas certas para este show, que deve contar também com “Midlife crises e “Spirit”.

 


Hole

A banda da viúva de Kurt Cobain é outro marco dos anos 90 no rock mundial. Nem todo mundo sabe, mas Courtney Love chegou a ser a vocalista do Faith No More ainda no final da década de 80, mas a experiência só durou quatro shows. De qualquer forma, o sucesso veio mesmo com Hole, banda fundada em 1989 pela cantora e o guitarrista Eric Erlandson.

A banda voltou em 2009 com Nobody's Daughter, depois de 7 anos longe dos palcos. (Foto: Divulgação)

O primeiro disco, Pretty on the inside, foi lançado em setembro de 1991 e chegou recebendo boas críticas pela mídia da Europa e dos EUA, com os singles Retard Girl e Teenage Whore, subindo nas paradas. A banda ganhou ainda mais visibilidade após o casamento da cantora com o vocalista do Nirvana, que na época despontava como símbolo do rock em todo o mundo por causa do álbum Nevermind. O relacionamento conturbado acabou em tragédia, mas o Hole continuou com seu trabalho e lançou o seu cd de maior sucesso em 1998, o Celebrity Skin. “Malibu” e “Awful” são alguns dos hits do álbum.

Após o término em 2002, a banda voltou em 2009 com Nobody’s Daughter, tendo somente Courtney da formação original. Agora, Hole vem ao Brasil pela primeira vez para levar seu rock polêmico à cidade Paulínia, no dia 13. Courtney já declarou estar cheia de expectativas com a sua vinda e o público brasileiro pode esperar por uma apresentação digna de Courtney Love, bem louca.

No comments yet.

HAVE SOMETHING TO SAY?