Faltam pouco mais de duas semanas para o Sónar São Paulo e damos início hoje ao nosso aquecimento para o festival com ninguém menos que Björk, uma das atrações mais esperadas do evento. E falar em Björk e não lembrar de seus incríveis videoclipes é impossível. Pensando nisso, decidimos encarar uma tarefa difícil: elencar os dez melhores vídeos da cantora. O resultado você confere logo abaixo.

+ Quer faturar ingressos para o Sónar São Paulo para você e mais três amigos?

10. Jóga

Um dos clipes mais simples da cantora. é uma fascinante viagem pelas paisagens da Islândia guiada pelas batidas da música. As pedras dançam e a terra se move no ritmo da canção. No fim do vídeo, temos uma Björk computadorizada no topo de uma montanha até a câmera entrar em seu corpo e vermos mais natureza. Um clipe grandioso, poético e cheio de significados.

9. Hunter

A proposta do clipe de “Hunter” é simples: Björk se transformando em um urso polar e nada mais. O que faz desse vídeo um de seus melhores é o casamento de som e imagem.

8. I Miss You

Björk chamou o criador de Ren & Stimpy, seu desenho animado favorito, para dirigir o videoclipe de “I Miss You”. O resultado foi uma mistura engraçada e original do mundo de Ren e Stimpy com o de Björk, tornando este um dos mais singulares e originais videoclipes de toda a carreira da cantora.

7. Declare Independence

Experimental, como qualquer outro trabalho de Michal Gondry com Björk, “Declare Independence”  é a tradução da canção de protesto. Björk da cor às cordas que amarram o sistema em um grito de independência com energia fascinante, criativa e inventiva que só podia vir da cantora.

6. Venus as a Boy

Assim como em “I Miss You”, Björk também buscou inspiração para o clipe de “Venus as a Boy” em obras que gostava. Nesse caso, “História do Olho”, seu livro favorito. O ovo, junto com o olho, é usado simbolicamente no livro e inspirou Björk a gravar um de seus clipes mais simples onde aparece apenas brincando e cozinhando um ovo.

5. Bachelorette

Dirigido por Michael Gondry, esse clipe fala sobre garotas inocentes chegando na cidade grande, combinando com a música que trata de ascensão e queda dos famosos. No final da música, a natureza vence a corrupção do ser humano pela fama.

4. Army of Me

Dirigido por Michael Gondry, “Army of Me” é uma viagem aleatória ao futuro. A faixa fala sobre uma pessoa triste que não tem motivos para recompor sua vida e levantar. Para salvar essa pessoa, Björk dirige um caminhão e durante sua jornada encontra coisas fantásticas, como dentes metálicos, um gorila dentista e um diamante gigante, até chegar a um museu onde tem de acordar seu alvo.

3. Human Behavior

Dirigido por Michael Gondry, “Human Behavior” foi o clipe que lançou a carreira solo internacional de Björk. Com uma certa dose de aleatoriedade, o vídeo se passa em uma espécie de pesadelo da cantora, que parece perdida em algum tipo de conto de fadas macabro. O vilão é um urso de pelúcia gigante, que acaba por vencer o caçador e comer a cantora no fim.

2. It’s Oh So Quiet

Dirigido por Spike Jonze, é provavelmente o clipe mais conhecido de Björk. O diretor aproveitou da natureza divertida da canção para fazer do vídeo um musical. Gravado em uma típica vizinhança americana, “It’s Oh So Quiet” varia entre o calmo e relaxante para agitado e dançante. Colorido e divertido.

1. All is Full of Love

Presente em toda e qualquer lista de melhores clipes de todos os tempos, o vídeo que tem versões robotizadas de Björk é o maior clássico da cantora. Dirigido por Chris Cunningham, o vídeo é considerado uma obra de arte e está em exposição permanente no Museu de Arte Moderna de Nova York.