O jornalista José Norberto Flesch, que desde meados de maio vem informando o público sobre os bastidores do SWU, publicou em seu perfil no Twitter nota informando que o festival de 2012 está cancelado, assim como a sua marca.

Segundo acompanhamos com as publicações periódicas do jornalista, o SWU estava com dificuldades de fechar o line up de sua próxima edição devido a enorme concorrência de outros festivais e produtoras do país, entre eles o Rock in Rio, o Lollapalooza e a Time 4 Fun, que ganhou a briga pelo Linkin Park.

Tudo parecia  caminhar normalmente com a confirmação do Soundgarden, que seria a atração principal do ano. Paralelamente, a organização enfrentava dificuldades para encontrar um local para realizar o festival. Tudo indicava que o SWU chegaria a capital e aconteceria no Anhembi. Enquanto isso, o jornal Destak confirmava Slayer, Mastodon e Korn como atrações do festival, mas as coisas continuaram a dar errado quando o Soudgarden deixou a posição de headliner para vir ao Brasil em 2013. A produção continuou normalmente com a contratação de Limp Bizkit, Marilyn Manson e Bush.

O SWU continuou a busca por um grande nome para substituir a banda de Chris Cornell e sondou o Pearl Jam. No entanto, a banda fechou com o Lollapalooza, o que marcou a derradeira derrota do eco-festival em 2012.

Na tarde desta sexta-feira, o jornalista Lúcio Ribeiro informou em seu blog que o festival de 2012 foi cancelado, mas volta com sua terceira edição em 2013. A decisão parece ter sido tomada para que suas negociações não conflitem com as do Lollapalooza Brasil, que acontece cerca de um mês antes.

A produção do SWU ainda não se pronunciou oficialmente.